domingo, 11 de outubro de 2009

2 É BOM - Dia 08/outubro/2009 - Espaço Mezcla/Juiz de Fora














A apresentação de "DOIS É BOM" foi ótima, bom espetáculo, público legal, histórias boas e grande recepção do público.


Agradecemos à Lyvia Rodrigues, do grupo O IMPROVÍCIO, e Marinho, dono de Espaço Mezcla, pela produção local e simpatia com que fomos recebidos.


Valeu!!!!


Esperamos voltar em breve


terça-feira, 6 de outubro de 2009

DOIS É BOM em Juiz de Fora DIA 08/OUT

video

ATENÇÃO MINEIROS!!!!

O espetáculo "DOIS É BOM" vai fazer uma apresentação única em Juiz de Fora no dia 08/out.
Abaixo o serviço:

Local: Espaço Mezcla
Hora: 20h
Endereço: Rua Benjamin Constant, 720 - centro
Couvert: R$ 10 e R$ 8 (antecipado)
Tel: 3083-2351
SINOPSE: Espetáculo inteiramente improvisado por apenas dois atores e um músico a partir de uma palavra sugerida pelo público.

O espetáculo de Impro “DOIS É BOM” é composto por apenas dois atores, um músico e uma sugestão da platéia. O resto é totalmente criado pelos improvisadores Ana Paula Novellino e Claudio Amado: fundadores da Cia Teatro do Nada. Durante 50 minutos, quatro histórias - com enfoque na relação mais humana e realista entre os personagens - são encenadas pelos dois atores.Após pesquisar as técnicas e formatos de Impro durante cinco anos na Cia Teatro do Nada, Ana Paula Novellino e Claudio Amado resolveram expandir os formatos de improvisação existentes no Brasil e apresentam o resultado desta pesquisa em “DOIS É BOM”, contando inclusive com intercâmbios com profissionais de Impro dos E.U.A (Robert Webber/ Johnny LunchPail - Nova Iorque), Alemanha (Volker Quandt/Harlekin Theater), Argentina (Omar Argentino Galván) e México (Cia Complot Escena).O espetáculo “DOIS É BOM” vem completar o panorama do movimento de improvisação no Brasil, apresentando um formato diferenciado e novo, mostrando que o Impro é uma arte de infinitas possibilidades.

FICHA TÉCNICA:

Concepção e Atuação: Ana Paula Novellino e Claudio Amado

Músico: Taiyo Omura

Produção Executiva e Programação Visual: Pedro Figueiredo
Produção local: Lyvia Rodrigues ( Cia O Improvício)

Fotos: Roberta Caldas

quarta-feira, 29 de julho de 2009

DOIS É BOM - improviso como você nunca viu

Dois atores.
Um músico.
Uma sugestão do público.

Pronto. No "DOIS É BOM", cenas serão criadas e encenadas pelos atores, com enfoque nas relações entre os personagens, tudo isso sem nenhuma combinação prévia.

Após pesquisar as técnicas e formatos de Impro durante 5 anos na Cia Teatro do Nada, Ana Paula Novellino e Claudio Amado resolveram expandir os formatos de improvisação existentes no Brasil e apresentam o resultado desta pesquisa em “DOIS É BOM”, contando inclusive com intercâmbios com profissionais de Impro dos E.U.A (Robert Webber/ Johnny LunchPail - Nova Iorque), Alemanha (Volker Quandt/Harlekin Theater), Argentina (Omar Argentino Galván) e México (Cia Complot Escena).

O espetáculo “DOIS É BOM” vem completar o panorama do movimento de improvisação no Rio de Janeiro, apresentando um formato diferenciado e novo, mostrando que o Impro é uma arte de infinitas possibilidades.